Livio Tragtenberg
email: liviotragtenberg@gmail.com

shows

   FOTOs

 Blind Sound Orchestra 

Músicos cegos tocando para um filme mudo!

Essa combinação inusitada resulta num espetáculo único e emocionante.

Os sanfoneiros cegos sincronizam ao vivo, ações e situações para o filme mudo “Aitaré da Praia” de 1925, um clássico do cinema brasileiro.

Formada por dois sanfoneiros cegos, José Rosa (PE) que vive em Itajai e Franco de Florianopolis, formam um grupo inédito toca a música ao vivo para o filme AITARÉ DA PRAIA de Gentil Roiz de 1925, feito em Pernambuco e que foi recentemente restaurado pela Cinemateca Brasileira e Fundação Joaquim Nabuco.

Os músicos deficientes visuais tocam a música do filme ao vivo com a direção musical do compositor Livio Tragtenberg, criador da Orquestra de Músicos das Ruas de São Paulo e compositor de várias trilhas sonoras para o cinema.

Atraves de um sistema de ponto eletronico, invisivel ao publico, os musicos sincronizam efeitos do filme, como um raio que cai, uma briga, um baile, etc.

O publico fica impressionado como musicos cegos, de costas para o filme, podem sincronizar o filme perfeitamente.

O grupo esteve recentemente participando do Festival BRASIL EM CENA no Hebbel Theater em Berlim, Alemanha, com grande sucesso.

Os sanfoneiros são músicos de rua em suas cidades.

AITARÉ DA PRAIA conta a estória de um pescador e seu amor impossível por Clara. Desventuras e situações inusitadas narram a trajetória de uma paixão que se passa na Recife dos anos de 1920.

O grupo esteve recentemente participando do Festival BRASIL EM CENA no Hebbel Theater em Berlim, Alemanha, com grande sucesso.

Os sanfoneiros são músicos de rua em suas cidades.

AITARÉ DA PRAIA conta a estória de um pescador e seu amor impossível por Clara. Desventuras e situações inusitadas narram a trajetória de uma paixão que se passa na Recife dos anos de 1920.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now